Segurança da Cadeia de Abastecimento e Certificação

A política do Sistema de Gestão de Segurança da Cadeia de Abastecimento (SG SCA), implementada pela Administração dos Portos do Douro, Leixões e Viana do Castelo, S.A. (APDL), visa estabelecer as linhas orientadoras para assegurar uma adequada proteção contra ações ilícitas ou indesejadas, que possam colocar em risco a integridade física, a atividade e os interesses de todas as Partes Interessadas, no Porto de Leixões.

As linhas orientadoras definidas por esta política permitem garantir a conformidade com a norma de referência ISO 28000.

Assim, deverão ser implementadas medidas que permitam assegurar a segurança da cadeia de abastecimento, no âmbito do SG SCA da APDL, visando:

  • Cumprir com a Legislação vigente aplicável, Regulamentação e Normalização que o regulam;
  • Proteger as instalações e outros meios portuários, com particular relevo para as pessoas (colaboradores, visitantes, tripulantes, passageiros, comunidade envolvente, etc.) e os navios atracados;
  • Capacitar e orientar os elementos envolvidos sobre as ações de prevenção e as ações a desenvolver em caso de concretização de ameaça, bem como consciencializar as pessoas/colaboradores das Instalações Portuárias e do Porto de Leixões para a importância da segurança, assegurando a formação e sensibilização necessárias;
  • Estabelecer relações de coordenação e de troca de informação com as Partes Interessadas relevantes na Cadeia de Abastecimento (CA), tendo em vista a redução do risco em geral e, em particular, o controlo de ameaças;
  • Assegurar a implementação, monitorização, revisão, auditoria e atualização do programa de gestão, testando as medidas implementadas para assegurar a sua eficácia;
  • Melhorar continuamente a eficácia do sistema, em especial na prevenção da ocorrência de situações indesejadas e suas potenciais consequências.

 

 

Objetivos da ISO 28000

 

A implementação da norma ISO 28000 – Segurança da Cadeia de Abastecimento tem como objetivo primordial: estabelecer, implementar e melhorar os níveis de segurança e proteção nas operações, melhorar as condições de segurança na cadeia logística, garantir as competências necessárias para o desempenho das funções operacionais, assegurar a conformidade com a política de segurança estabelecida e demonstrar essa conformidade em relação a terceiros.

Ao nível operacional, a ISO 28000 afigura-se-nos ser uma ferramenta da maior utilidade tendo em vista aferir o desempenho dos equipamentos, das instalações, dos processos e procedimentos de segurança, permitindo igualmente, a correção de desvios e a diminuição da rotina e do excesso de confiança.
 
Agiliza e melhora o relacionamento e a transmissão de informação entre todas as partes interessadas da Cadeia de Abastecimento, facto que, se reflete na operacionalidade do Porto.
 
Para a gestão de topo, a tomada de decisão torna-se mais simples, célere e assertiva. As análises de risco efetuadas em cada ano e as informações recolhidas no controlo operacional, e o seu confronto comparativo com anos anteriores – refletidas no Relatório de Revisão de Gestão – oferece-lhes uma visão geral da avaliação do Sistema de Gestão da Segurança da Cadeia de Abastecimento. A ISO 28000 permite ainda uma gestão mais eficaz das reclamações, bem como uma maior interação entre os vários "atores" da cadeia de abastecimento e Autoridade Portuária, assegurando deste modo, um constante alinhamento com os objetivos estratégicos da empresa.

 

A implementação da ISO 28000 permitirá o reconhecimento da gestão da cadeia de abastecimento, com benefício da redução dos níveis de risco para pessoas, instalações e mercadorias, estabelecendo um padrão internacional para todos os processos de negócio, priorizando a qualidade e a segurança nas operações realizadas no Porto de Leixões.

 

Em jeito de conclusão: a ISO 28000 é, inequivocamente, uma ferramenta de gestão de EXCELÊNCIA, que vai reforçar a reputação e notoriedade corporativa da APDL, fidelizar os atuais clientes e, no futuro, potenciar a captação de novos nichos de mercado.