Voltar

Especialistas internacionais debatem Porto do Futuro em Leixões

Iniciativa está integrada no projeto europeu "Docks The future"

Como será o "Porto do Futuro"? Que desafios colocará à gestão portuária e à sua relação com as cidades? Que oportunidades trará para a descarbonização do ambiente? Será a estas e outras questões que um grupo de especialistas internacionais tentará dar resposta durante os dias 29 e 30 de outubro, no Porto de Leixões. 

A iniciativa, que está inserida no projeto "Docks The future" e que é financiado pela Comissão Europeia, tem como objetivo definir o conceito de "Porto do Futuro" num horizonte temporal de pouco mais de uma década (2030). 

Os desafios relacionados com a simplificação e digitalização de processos, dragagem, redução de emissões, transição de energia, eletrificação, redes inteligentes, interface porto-cidade e gestão da utilização das energias renováveis serão apenas alguns dos temas em cima da mesa. 

Ao longo do último ano, o projeto tem vindo a dar corpo a uma ideia de "Porto do futuro" que esta segunda-feira deverá ser validada pelos mais de 30 especialistas internacionais de alto nível em diversos domínios da área portuária, como o meio ambiente, as tecnologias de informação, as relações com as cidades portuárias, as infraestruturas, as políticas marítimas e de transporte, entre muitos outros, reunidos em Leixões.  

Os especialistas, oriundos dos mais diversos países, incluem representantes de entidades tais como, Federação Europeia de Operadores Privados de Portos (FEPORT), European Tecnology Plataforms (ETPs), Inland Navigation Europe (INE), Fundação do Porto de Valência (FVP), entre outros. 

A implementação deste projeto é da responsabilidade de um consórcio liderada pela Circle srl (Itália), pela Universidade de Génova (Itália), pelo Institut für Seeverkehrswirtschaft und Logistik – ISL (Alemanha), e pelo PortExpertise (Bélgica), contando também com a participação de uma entidade portuguesa, a Magellan – Associação para a Representação dos Interesses Portugueses no Exterior.

Outubro 2018