Código de Ética

A APDL, sendo uma sociedade anónima de capital exclusivamente público, cujas principais competências são as de "Autoridade Portuária", com funções de controlo e fiscalização sobre a área de jurisdição do Porto de Leixões, considera ser sua obrigação afirmar-se como uma organização vinculada a princípios de rigor e transparência na sua actuação.

O código de ética enuncia os princípios orientadores fundamentais para garantir, numa perspectiva alargada, uma conduta ética relevante em matéria de actuação da Empresa, que devem ser observados nas decisões, atitudes, comportamentos e em qualquer actuação praticada em nome da organização. 

O código de Ética da APDL aplica-se a todos os trabalhadores/as e, em geral, a todos aqueles que, a título permanente ou ocasional, actuem em nome da empresa.

Compromissos Ético-Sociais

CONFORMIDADE LEGAL

  • Respeitar a Lei em geral e todos os Regulamentos, Normas e Procedimentos, nacionais e internacionais,  aplicáveis à actividade da empresa.

INTEGRIDADE

  • Assumir na sua actuação rigorosos valores morais tais como a honestidade, integridade e transparência.
     
  • Promover o respeito, a correcção e a lealdade nas relações de trabalho, entre todas as pessoas singulares e colectivas, que interajam no âmbito das actividades da empresa.
     
  • Respeitar escrupulosamente as regras e normas instituídas quanto ao sigilo e confidencialidade da informação.
     
  • Não praticar actos de corrupção, em todas as suas formas activas e passivas, quer através de actos e omissões ou pela criação e manutenção de situações de favor.

PROFISSIONALISMO

 

  • Garantir a qualidade do serviço prestado, promovendo rigorosos princípios de profissionalismo e a responsabilidade na actuação de todos os serviços da empresa.
     
  • Garantir boas condições gerais de trabalho e zelar pela conservação e protecção do património, físico, financeiro e intelectual da empresa.
     
  • Garantir a absoluta independência entre os interesses pessoais, de qualquer das partes interessadas, e os da APDL, evitando situações susceptíveis de originar conflitos de interesses e não usar os poderes atribuídos de forma abusiva.

CONDIÇÕES DE TRABALHO

  • Adoptar as medidas necessárias para a garantia de boas condições de Saúde e Segurança no trabalho a todos os que desenvolvem actividade na empresa e em toda a área portuária.
     
  • Garantir condições para a actualização e desenvolvimento dos conhecimentos e competências de todos os seus trabalhadores e trabalhadoras, designadamente, pela promoção de acções de formação sempre que necessárias.
     
  • Promover a realização profissional e pessoal de todos os seus trabalhadores e trabalhadoras, promovendo condições para um equilíbrio entre a vida pessoal e profissional.

AMBIENTE E SUSTENTABILIDADE

  • Assegurar a utilização de boas práticas ambientais de forma a prevenir e minimizar os impactes ambientais decorrentes da actividade.
     
  • Tomar as medidas necessárias para evitar o desperdício e fazer uso das boas práticas de utilização racional dos recursos naturais.
     
  • Incorporar na gestão da empresa princípios de crescimento sustentável, reconhecendo os impactes negativos e positivos, ao nível ambiental e social, da actividade desenvolvida, e promover um diálogo transparente com os stakeholders.

DIREITOS HUMANOS

  • Respeitar todos os direitos humanos, fundamentais e universais, garantir a liberdade de organização e associação e assegurar a liberdade de opinião e expressão.
     
  • Não praticar qualquer tipo de discriminação baseada em critérios como raça, sexo, idade, incapacidade ou deficiência, orientação sexual, convicções políticas ou ideológicas ou religião.
     
  • Garantir a salvaguarda da integridade física, moral e psicológica de todos que desenvolvam actividade na empresa, não sendo tolerável qualquer conduta ou acção que vise qualquer tipo de assédio ou forma de coacção moral ou psicológica ofensivos da dignidade da pessoa humana.

 

Pode aceder ao documento completo através do link seguinte:

Código de Ética PDF