Voltar

APDL fomenta política de responsabilidade social e recebe grupo de visitantes com necessidades especiais

Iniciativa inserida no programa de voluntariado empresarial da APDL
 

A Administração dos Portos do Douro Leixões e Viana do Castelo (APDL) tem vindo a desenvolver um conjunto de iniciativas no âmbito da sua política de responsabilidade social, tendo recebido esta segunda-feira, 09 de julho, um grupo de 40 visitantes vindos da Régua, que integram a ARDAD - Associação da Região do Douro para Apoio a Deficientes.
 
Nesta manhã, os curiosos foram conduzidos por um grupo de voluntários da APDL para uma visita àquele que é considerado um dos ex-libris do norte de Portugal, o Terminal de Cruzeiros de Leixões.
 
A iniciativa faz parte das ações de voluntariado da APDL que todos os anos abre as portas a diversas instituições para descobrirem o Terminal de Cruzeiros do Porto de Leixões, seguidamente de um almoço convívio na cantina da APDL.
 
"Proporcionar um dia agradável e contribuir para fazer a diferença na vida destas pessoas é o principal objetivo destas iniciativas, que no âmbito da política de responsabilidade social da APDL envolve um número significativo de colaboradores. No Dia Mundial da Criança, associámo-nos à Operação Nariz Vermelho com um conjunto de atividades para angariação de fundos. Anualmente realizámos duas dádivas de sangue em parceria com o IPST - Instituto Português do Sangue e Transplantação, dirigida não só aos colaboradores, mas também à comunidade envolvente", salienta a APDL.
 
Este ano, para além da ARDAD, Leixões já recebeu as visitas de instituições como o Centro Social e Paroquial de N. S. de Fátima, de Viana do Castelo; a Associação Lavrense de Apoio ao Diminuído Intelectual (ALADI), de Matosinhos; e também a Cooperativa de Apoio à Integração do Deficiente (CAID), de Santo Tirso.

 

Julho 2018