Voltar

APDL apoia a Unidade 2 do Serviço de Medicina Intensiva do Hospital Pedro Hispano

O Conselho de Administração da APDL visitou a nova Unidade do Serviço de Medicina Intensiva do Hospital Pedro Hispano. Este núcleo foi idealizado e construído para responder à necessidade urgente de aumentar os cuidados intensivos daquela unidade de saúde que, até à data e sem esta célere intervenção, não teria sido capaz de dar resposta e receber todos os que necessitavam de maiores cuidados de saúde. O Hospital chegou a ter 18 pacientes em cuidados intensivos, apesar da sua oferta inicial ser apenas de 9 camas.

A APDL orgulha-se de se ter associado a este projeto, a par de outras entidades. O seu contributo surgiu da consciência de que só em comunidade seria possível dar resposta a esta pandemia e servir devidamente uma população de cerca de 378 mil habitantes que extravasa a população de Matosinhos.

 
Em apenas um mês foi possível a criação de 11 quartos de pressão negativa, vocacionados para o tratamento de doentes Covid 19, em cuidados intensivos.
 
Mesmo em curva descendente, esta nova Unidade permitirá ao Hospital Pedro Hispano, em Matosinhos, retomar a assistência hospitalar regular, antes limitada pela concentração de recursos no combate aos pacientes de Covid 19.
 
Um investimento que perdurará no futuro da comunidade no qual a APDL se orgulha de se ver associada.

 

 

Maio 2020